quarta-feira, 30 de abril de 2008

As brincadeiras carnavalescas do PSD

Mas que desilusão, ninguém quer o dr. Alberto João a liderar o PSD Nacional! Vamos lá, desistam todos e aceitem o homem, ele até sabe desfilar no Carnaval.
Quanto mais o dr. Alberto João fala em pensar se candidatar, pensar apenas, aparecem logo novos candidatos. Vai decidir a 15 de Maio? Não seria melhor decidir a sua candidatura no próprio dia das eleições? O dr. Alberto tem poder neste lado do Atlântico, mas no outro lado é o que se vê.
O PSD Já tem cinco candidatos. E pelo que se vê, o Carnaval não vai ficar por aqui.

12 comentários:

Joana Dalila Santos disse...

Esperemos que não fique mesmo por aqui!

Liz / Falando de tudo! disse...

Infelizmente estou totalmente por fora da politica, tanto da brasileira, da francesa...portuguesa, mas...
Vim te agradecer pela visita no meu blog, te deixar um carinho e dizer que sua presença é muito importante por la!
Va também conhecer meu blog "Vida em Fotos", ele é todinho cheio de slide com fotos, espero que gostes, fiz com muito carinho...
Abraços.

JOICE WORM disse...

Saí do Brasil com sua Administração Surrealista há 22 anos, Rui. Vive em Portugal 20 anos e agora mudei-me radicalmente para Espanha. Não consigo entender políticas que não visam o bem popular. Não quer dizer que apoio plenamente o governo que agora vivo, mas confesso, que é menos alucinante e repressor que o de Portugal Continente.
Sempre gostei deste homem: Alberto João Jardim. Acho-o autêntico e verdadeiro. Apesar de seus exageros, pelo menos nota sua força ao lado dos Madeirenses...
Obrigada por sua visita professor. Será sempre bem vinda.

Espaço do João disse...

Meu caro Rui.
Pelo andar da carruagem estou convencido que se vai deixar de se chamar P.S.D. e passar a chamar-se (P. S.D. E.) Partido social dos estilaços. Acredito piamente que o Sr. A.J.J. vai fartar-se de rir.

Rose disse...

Olá, Rui, obrigada pela visita em meu caminhoÉ sim muito interessante o tema das virtudes.E olhe que algumas não são de conhecimento da humanidade.Pronto, falei!

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

O PSD nunca esteve tão mal como agora.... e isto preocupame porque afecta a democracia de um pais, daquela maneira um dia destes deixa de existir PSD, lol, aquilo está mesmo lindo! lol

Menina do Rio disse...

Eu também me calo sobre este assunto, pois tanto ai quanto cá, o discurso é o mesmo!

um beijo pra ti e aproveita bem o feriado

Vieira Calado disse...

Bom... na imagem parece ser o bombo da festa...
O melhor era ele se candidatar no próximo dia de Entrudo!
Até eu votava nele... (rs)
Um abraço.

nanda disse...

Que o 1º de Maio seja comemorado em liberdade!
bjs

Anónimo disse...

JCG é um génio:
«O PS pediu ajuda a José Manuel Coelho» (DN-M)

Anónimo disse...

as brincadeiras do ps-m-

Os três vereadores do PS-M na Câmara Municipal do Funchal - Carlos Pereira, Luís Vilhena (que não apresentaram a declaração de rendimentos ao Tribunal Constitucional) e Miguel Freitas vão entregar no Tribunal Administrativo e Fiscal do Funchal em Setembro uma acção de perda de mandato de Miguel Albuquerque por alegadas violações do Plano Director Municipal.

Anónimo disse...

Cena na Assembleia da Madeira (IV)
Vamos aos factos. A cena hoje ocorrida na Assembleia Legislativa da Madeira - e vou tentar colocar ainda hoje fotografias neste blogue - envolvendo um deputado do PND, foi combinada ontem à tarde nas instalações do PND na Assembleia Legislativa da Madeira, situadas na Rua da Alfândega, no final da tarde. Ontem, mas sobretudo durante o dia de hoje, vários jornalistas, com particular preocupação pelos correspondentes de meios de comunicação social na Madeira, foram contactados telefonicamente alertando-os para o que iria acontecer no parlamento, tendo o deputado José Manuel Coelho, que rendeu Baltazar Aguiar por dois meses (?), entrado propositadamente mais tarde no hemiciclo regional. Mais. Vários dirigentes e pessoas ligadas ao PND - os tais dirigentes que ficaram em casa porque não teriam nunca a coragem de fazer o que obrigaram José Manuel Coelho a fazer - já estavam concentrados nas redondezas do edifício e, depois, nas instalações do PND na Rua da Alfândega de onde acompanharam tudo o que se passou, com grande algazarra, palmas ao "herói", etc. Para além de novos contactos telefónicos para jornalistas (!) durante os acontecimentos - feitos por indivíduos pretensamente do PND e que não são deputados deste partido - há a referir outro episódio sintomático de tudo o que esteve (está) subjacente ao episódio: o deputado José Manuel Coelho, depois da primeira tentativa, acatou as instruções da Mesa e retirou o "adorno" que tinha ao pescoço. Depois de ter atendido um telefonema, aproveitou a interpelação feita a João Carlos Gouveia do PS (de quem ouviu uma resposta que não estava a contar) para colocar de novo o "relógio" ao pescoço e desafiar a Mesa a indicar a norma regimental que o impedia de assim estar, acabando tudo isto por ter o desfecho conhecido e que poderá conhecer evolução, da parte da Mesa, que a seu tempo será conhecida. E quando me lembro que Baltazar Aguiar anunciou que pediu a suspensão por dois meses porque estava envergonhado com cenas e/ou com declarações envolvendo a Assembleia Legislativa...


# posted by LFM @ 13:59