domingo, 10 de fevereiro de 2008

As represálias do dr. Alberto João Jardim...

Ontem, ouvi na RTP-M o presidente do Governo Regional, dr. Alberto João Jardim, dizer, à chegada de Bruxelas, que se alguém recorrer à via judicial para impedir a cedência do Estádio dos Barreiros ao Marítimo arrisca-se a sofrer represálias: "será de mau gosto alguém se meter nisso, até porque pode sofrer represálias"
A ameaça é clara e directa.
Isto é que é democracia. Na Madeira de Jardim é assim, se o PSD-M e o seu GR decidirem fazer o que lhes vier à cabeça, todos os outros têm de estar calados e impedidos de recorrer à Justiça, mesmo que tenham razão.
Imagine-se se a Madeira fosse um Estado Independente. Havia de ser bonito!

22 comentários:

blueminerva disse...

É a lei da ameaça a que prevalece na região. Não é de agora.
Um abraço

multiolhares disse...

Algumas pessoas pensão assim:

Estamos em democracia todos temos
O mesmo direito de falar, mas ponta assente
Que quem manda e decide sou eu
Que fazer…
Beijinhos
luna

Kátia disse...

Vim agradecer sua visita e também dizer que gostei muito!
:)
Abraços soteropilitanos!

fj disse...

:))
ve lá se o tio Alberto joão vem para aqui ler o teu blog...eheheh.
obrigada pela visita ao dicionario.
Bom Domingo!

luma disse...

Autoridade sem noção acaba por perder a razão.

Sofia disse...

Olá!
Obrigada pela visita ao meu cantinho!
Quanto às politícas do Sr. Alberto João..enfim..

Maria Laura disse...

Bem, o homem é claro e directo. Um ditadorzinho em potência.

amsf disse...

Nesta ameaça só vejo uma oportunidade e mais não digo!

Maria disse...

Pois era..... eu até gostava de ver, afinal a maioria continua a votar no alberto joão, devem querer o que ele quer......
Quem é o autor desta gravura, Rui?

Beijo

São disse...

Democracia à "Triunfo dos Porcos":
"Todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que outros".
SEmana boa!

Paula Calixto disse...

Ditadura?! o:

Sem comentários! (;

Beijos.

Nana Lopes disse...

Visualizei ,imaginei e achei m
mesmo lindo!!
Liberdade, ainda que tardia
Gostei tambem do nome do blog

Alexandro Pestana disse...

Uma mamadeira independente, seria ainda pior do que cuba! DEUS NOS LIVRE DESSE MAL! AMEN.

Anónimo disse...

olá meu amigo! passando paar te ler e para te desejar uma optima semana
bjo
carla granja

Freitas disse...

Ameaças veladas sobre o ressurgir da Flama?

O Chaparro disse...

nao deve ser facil, nao!

Pong disse...

E volto a dizer-lo com a maior das ironias... Viva o Alberto João!

Teté disse...

Há uma coisa curiosa em relação ao AJJ: ele nem se preocupa em disfarçar o seu espírito ditatorial!

Aqui, já há quem tente camuflar, com umas palavrinhas mais mansas, mas vem um pouco a dar no mesmo: só fazem o que querem, estão-se nas tintas para os ideais democráticos!

Oliver Pickwick disse...

Prezado Rui, sempre quis perguntar, porém tive receio de achá-lo inoportuno. Considerando que somos leitores um do outro há certo tempo, talvez não se importe. Há algum tipo de movimento popular na Madeira, assim como, em Açores, semelhante ao ocorrido em Cabo Verde, ou mesmo de determinado grupo local, no sentido de tornarem-se independentes de Portugal?
Abraços!

elvira carvalho disse...

E alguma vez, houve democracia, no reinado do D. Alberto João?
Um abraço, e uma boa semana

Brancamar disse...

O mal não é de agora realmente e ainda hoje não consigo perceber como com essa arrogância toda o dr. Alberto João continua a ocupar o poder durante tantos anos e como os próprios elementos do partido, os daí e os do Continente lhe suportam tantas insolências...sendo que em nada dignifica o grupo político a que pertence.
Para si um abrçao meu amigo.
Parabéns pela força com que continua a lutar pela democracia num terreno tão adverso.

luisagouveia disse...

Acho que o que está em questão não é a falta de liberdade ou não.

O AJJ disse uma grande verdade. Porque quer Marítimo, quer o nacionalzinho mamam todos do mesmo sítio. Logo que o 500 nem abra a boca que talvez o governo feche a torneira para a chulices do 500.

Ninguém fala da bancada nova do Nacional, que passou em muito os valores inicialmente estimados e que foi OFERECIDA pelo governo laranjinha....

E não venham dizer que o complexo desportivo do Marítimo em Santo António foi pago pelo governo, que isso são balelas....