quarta-feira, 30 de julho de 2008

Já ninguém responde às palhaçadas do PSD-M!

A estratégia caducou. Já ninguém lhes liga. O pior é que a estratégia da palhaçada protagonizada pelo PSD-M prejudica, e muito, os madeirenses.
Em comunicado, o PSD/M denuncia “cortina de silêncio” imposta por Lisboa. Este comunicado é para rir à gargalhada. Fazem um comunicado quando há reacções, fazem comunicado quando não há reacções. Palhaçada!!
A Comissão Política Regional da Madeira do Partido Social Democrata reagiu ontem ao silêncio da imprensa e classe política nacionais sobre a festa do Chão da Lagoa, realizada no domingo.
Em comunicado, assinado por Alberto João Jardim, é referido que “os habituais adversários da Madeira, na “classe política” e na comunicação “social” de Lisboa, já não têm argumentos para enfrentar as Razões que o Partido Social Democrata da Madeira vem demonstrando ao Povo português”.
A finalizar o comunicado, o presidente da Comissão Política do PSD/M refere: “Aguarde-se o comício de Porto Santo”.
E as ameaças continuam. De que é que vai falar desta vez? Vai falar de novo da independência, do separatismo ou vai gritar por mais dinheiro?
Não seria melhor apresentar soluções para a crise dos madeirenses que é da sua inteira responsabilidade?
Será que desta vez lhe vão dar resposta? A desorientação é total!AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH...

7 comentários:

JLM disse...

Obrigado pelo comentário. Mas o texto não está finalizado. Esta foi uma versão de última hora q fiz para o dia do escritor. Ainda quero melhorá-lo mto.

1 abraço.

Mar Arável disse...

Resistir à canalha

é preciso que não nos doa a voz

Adriana disse...

Isto me lembra uma marchinha de carnaval:' QUANTO RISO OH! QUANTA ALEGRIA ,MAIS DE MIL PALHAÇOS NO SALÃO.."

Menina do Rio disse...

Políticos! Um caldeirão de piadas...

Um beijo pra ti

RESSACA disse...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

José Gonçalves disse...

O PSD-Madeira está definhando. O ciclo está a esfumar-se. Já ultrapassa o ridículo. Nem marketing, nem política de comunicação inteligente. Isso por si só não é drama nenhum. O pior é o que virá a seguir. Aquele empresariado acostado ao clientelismo do poder. Que irão fazer? Aqueles carreiristas do lambe-botismo que nunca produziram nada e nada sabem fazer, que farão eles? Aqueles eternos delfins, que mostrarão eles valer nas abocanhadas alarves e fraticidas que se avizinham?
Irá essa gente toda "trabalhar" para qualquer paraíso offshore, ou emaranhar-se nalguma cidadela sul-americana?
Ficarão os mamarrachos e as dívidas a serem liquidadas por várias gerações. Uma herança maldita, nada mais.

Jose Gomes disse...

è exactamente o que eu penso.Deixa-me triste o espectaculo dado por estes senhores.Simplesmente lamentavel.JM