domingo, 13 de julho de 2008

O novo negócio do Governo Regional da Madeira

Logo que o Governo Regional resolva as questões burocráticas relacionadas com a venda da Marina do Lugar de Baixo, deve iniciar contactos, se ainda o não fez, no sentido de vender também os restantes "elefantes brancos" espalhados pela Ilha. Estes, igualmente, sorveram, e bem, milhões de euros do erário público, mas, neste momento, estão encerrados sem qualquer utilidade.
Refiro-me à maioria dos parques empresariais, ao heliporto do Porto Moniz, à fábrica da banana na Ponta do Sol, ao cinema do fórum de Machico, ao Centro de Informação Turística do Curral das Freiras etc.
Estes "elefantes brancos" oferecem todas as condições para serem transformados em unidades hoteleiras de luxo ou leiloados como obras do estilo moderno!

3 comentários:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Comentário às declarações do Maximiano?!

Espaço do João disse...

Quanto á L.F.R. aqui vemos o dinheiro como foi bem empregue. Foi fartar vilanagem... Agora veem as lágrimas de crocodilho. Pena não terem empregue nas ilhas Desertas, pois serviria de colónia balnear para a próxima reforma de AJJ e seu séquito. Sempre as cagarras e os lobos marinhos tinham companhia. Quem vier atrás que feche a porta.

Freitas disse...

Caro Rui, não há problema: o Grupo Pestana já comprou a Marina do Lugar de Baixo, o Grupo SIRAM vai comprar o heliporto, o Grupo Sousa não sei o que vai comprar (talvez os parques empresariais, que cobram couro, cabelo, olhos da cara, e por aí fora, para meter lá uma empresa) e o Grupo Povão vai comprar o JM.