quinta-feira, 17 de setembro de 2009

PSD - António Preto acusado de comprar votos a 25 e 30 euros


O social-democrata António Preto é acusado de comprar votos a 25 e 30 euros junto de habitantes de bairros sociais, cuja filiação no PSD também é paga. Uma militante do partido dá a cara e denuncia o esquema à revista Sábado.
A luta pelo controlo da distrital de Lisboa do PSD e até pela liderança nacional do partido passou pela compra de votos a 25 e 30 euros, denunciou a militante Irene Lopes.
«À porta da secção H e Oriental [de Lisboa] há umas caixinhas com dinheiro e pagam ali às pessoas. As pessoas acabavam de votar, diziam ‘já votei’ e davam-lhes umas notinhas», conta Irene Lopes, que fala de valores de 25 a 30 euros.

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=148136&dossier=Legislativas 2009

1 comentário:

LA PASIONARIA«!NO PASARÁN!» disse...

Senhor professor fica admirado com esta situação no PPD.Olhe para o interior do PS/M o seu partido.

è uma luta de galos para conseguirem os "tachos".Não hesitam em deitar abaixo os "kamaradas"na ganância de conseguirem um tacho ou um lugar elegivel nas Listas.

Aliás gostaria de ver diferenças entre as vossas politicas e as politicas do ppd.


Saudaçôes "XUXIALISTAS"