quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Passe escolar com 50% de redução, mas não é na Madeira, porque o PSD-M NÃO QUER!!

A resolução que autoriza a despesa de 15 milhões de euros, a aplicar no acordo sobre o passe escolar a celebrar entre o Estado e os operadores de transportes públicos colectivos foi aprovada, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros.
Em conferência de imprensa, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, o ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, recordou que o passe escolar, denominado "passe 4_18@escola.tp", envolve a redução de 50 por cento do custo da tarifa inteira".

A despesa de 15 milhões de euros é relativa às "compensações financeiras" a atribuir aos operadores de serviço de transporte colectivo de passageiros "em razão da obrigação tarifária decorrente da implementação do 'passe mailto:4_18@escola.tp, refere o Conselho de Ministros em comunicado.
-
E na Madeira? O Governo Regional do PSD continua a não governar! Os passes escolares custam na Madeira o mesmo que os passes dos trabalhadores comuns.
O valor do Passe Social (tarifa mensal) é de 35,50 euros; o Passe Estudante custa 35,50 euros.
Ambos os passes custavam, no ano transacto, 35 euros. (Estes valores são aplicados pela Empresa Horários do Funchal)".


1 comentário:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Isso não é verdade... Porque na Madeira já existe passe escolar há muito tempo, antes do continente!

E mais... A JSD conseguiu (há pouco tempo) redução do passe para qualquer pessoa que esteja em formação/estudar e já não seja até ao ensino secundário, isto é, para formandos e estudantes universitários!