quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

O PSD-M coloca os partidos políticos fora da crise??????????????

Um escândalo!!!!!!!!!! Mas que revolta!!!!!!!!!!!!!O PSD-Madeira não tem dinheiro para combater a pobreza, o PSD-Madeira não tem dinheiro para pagar um complemento de reforma ao idosos, mas tem milhões de euros para entregar aos partidos políticos.
É preciso gritar bem alto e lutar contra esta afronta, é preciso dizer aos madeirenses o que anda o PSD-Madeira a fazer ao dinheiro dos contribuintes. Afinal existe dinheiro! Eu, por mim, vou fazer o meu trabalho e cumprir o meu papel, lá isso, garanto que vou fazer.
-
"Partidos já têm dinheiro fresco a caminho. ALM vai entregar 5,06 milhões de euros, em 2009, mais 559 mil euros de retroactivos a 2007.
Agora só é preciso que o representante da República não encontre razões para devolver à ALM ou pedir a revisão preventiva da constitucionalidade ao documento ontem aprovado pelo PSD.
Se assim for, os partidos têm dinheiro fresco a caminho. As alterações à lei orgânica da Assembleia vêm dar encaixes financeiros de relevo aos partidos, com destaque para o PSD que, só em retroactivos, vai receber 392 mil euros.
Todos os partidos votaram contra as alterações, mas, se a lei entrar em vigor, todos vão receber os aumentos. Houve uma excepção, o MPT, que se absteve. João Isidoro desafiou mesmo a restante oposição a entregar a uma instituição de solidariedade o acréscimo de dinheiro dado pela nova versão da lei orgânica.Os partidos opuseram-se às alterações por: discordarem dos critérios, que dizem favorecer os grandes grupos parlamentares; ser "escandaloso" o aumento, ainda para mais em altura de crise; não haver dinheiro para políticas sociais, mas haver para os partidos; considerarem suficientes os montantes actuais; não ser urgente mudar a lei, apesar de ser importante esclarecer a questão de quem tem competência para fiscalizar.
O documento proposto e aprovado pelo PSD, diz ser interpretativo e atribui tais competências ao Tribunal Constitucional e não ao de Contas, como reivindica este último.
Ao todo, vão ser distribuídos 5,06 milhões de euros em 2009. A estes juntam-se os 559 mil euros de retroactivos."
http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn04010102171208

3 comentários:

3RRR disse...

Uma sugestão: que todos os grupos parlamentares peguem no excedente e que o entreguem a instituições de caridade, à Liga contra o Cancro (que estes sim precisam e muito), às crianças da Assomada abandonadas pela mãe (louvo aqui a atitude do Sr. Roberto Almada que sugeriu a comparticipação de todos os deputados para o Natal dessas crianças e de todas as pessoas que prontamente se disponibilizaram para as ajudar), e a outras entidades que realmente necessitam.

JÁ É ALTURA DAS PESSOAS QUE COMPÕEM A ASSEMBLEIA MOSTRAREM QUE SÃO DIGNAS DO NOSSO VOTO. HAJA DECORO

Olhos de mel disse...

Meu amigo lindo! As crises estão ficando cada vez piores e os "partidos" cada vez mais partidos... Quem consegue mais acreditar no que dizem?
Eu queria que o Natal voltasse a ter seu verdadeiro sentido, porque o apelo do comércio transformou-o, apenas, em troca de presentes e assim perpetua e acentua ainda mais a discriminação social, porque é um dia imensamente triste para crianças pobres, que não podem ter papai noel, nem uma ceia digna.
FELIZ NATAL e que o ANO NOVO seja de realizações, paz, saúde e amor!
Beijos

Lapa disse...

é uma maravilha...