domingo, 10 de janeiro de 2010

A UNIDADE do PS-Madeira

A UNIDADE do PS não se faz apenas com quem ganhou as eleições. O discurso de UNIDADE dos candidatos não serve apenas para quem ganhou, a UNIDADE só existe se ambas as partes assumirem uma postura de responsabilidade e de defesa dos interesses do partido.
A candidatura do Jacinto Serrão, o novo líder do PS, mantém a mesma postura, o mesmo discurso, a mesma estratégia de UNIR, na diferença, o partido e promover a UNIDADE.
Ontem, quem ganhou foi o partido, e o Jacinto é o presidente de todos os socialistas. Não existe um partido dos vencedores e outro dos vencidos, hoje, há o PS e o presidente é o Jacinto Serrão.
Nós assumimos uma atitude de vencedores porque ganhamos, porque os militantes reconheceram que o Jacinto liderava a melhor candidatura. Comemoramos porque lutamos, trabalhamos, esforçamo-nos e vencemos, mas respeitamos os que perderam, e terminadas as eleições somos todos militantes com os mesmos DIREITOS e DEVERES.
A arrogância dos vencedores é uma forma de estar em democracia muito negativa e condenável, no entanto, a falta de humildade e o mau perder dos derrotados é igualmente negativa e condenável.

5 comentários:

LA PASIONARIA«!NO PASARÁN!» disse...

Esperamos que assim seja,Sr.Professor,mas não acredito.
Acho que vai haver revanchismo da lista vencedora em relação à derrotada.Igual seria se fosse o outro lado a vencer.

A "Unidade na Acção no PS/M é uma palavra vâ.Acredite.

Saudaçôes

Espaço do João disse...

Caro Rui.
Comungo da sua opinião. Quando um partido vai á procura dum líder, normalmente perfilham-se várias pessoas com carisma. Eu não conheço pessolmente os candidatos, mas deixa-me satisfeito ver um que os militantes acharam ser o mais capaz tenha sido o vencedor. Após o acto eleitoral não há lugar para ressentimentos. Temos de unir as tropas e, arregaçar as mangas e ir para o terreno mostrar a nossa mais valia. Todos juntos nunca seremos demais para trabalhar a bem do povo que tencionamos representar. Sejamos humildes e trabalhadores honrados para que possamos obter a credibilidade de quem nos elegeu. Daqui do Rectângulo, enviu os meus parabéns ao vencedor, sem esquecer um abraço fraterno aos vencidos.

Anónimo disse...

Não me parece que este emendar de mão seja suficiente para fazer esquecer o post abaixo. Rir-se dos "vencidos", especialmente quando eles não são assim tão poucos, não me parece uma atitude inteligente! Só serve para estimular o círculo vicioso do "ora joga a equipa A do PS, ora joga a equipa B do PS.


amsf

Fernando Letra disse...

Pois. O problema é que vi mais arrogância do que mau perder...

De qualquer modo, parabéns.

Anónimo disse...

E aquela cena em frente às câmaras da RTP/M! Em vez de um brinde ao PS/M insistiam com um viva ao "Jacinto"! Parecia que ainda estavam em "campanha eleitoral"!
Este Blog também está famoso...até aparece no DN, só faltava identificarem o seu proprietário, o Coordenador Autárquico do PS/M.

Houve tempo em que o PS/M tinha fortes raizes em Gaula, actualmente parece que esse fenómeno mudou-se para "Água de Pena". Esperemos que as consequências não sejam semelhantes!

Se o PS/M A e o PS/M B não tiverem juizinho e mais humildade vão rápidamente perder os militantes e independentes não facciosos e tornar-se-á ainda mais irrelevante na cena política madeirense!

amsf