sexta-feira, 21 de março de 2008

Dia Mundial da Poesia

Hoje, 21 de Março, comemora-se o Dia Mundial da Poesia. Embora alguns poetas da nossa praça não apreciem a coragem daqueles cidadãos do mundo que, como eles, também divulgam os seus textos, ouso publicar mais um poema da minha autoria.
Porque estou condenado a ser um homem livre, escrevo para sentir essa liberdade em cada umbral do meu olhar. Ao escrever, escuto sempre o ritmo do mar, os passos do imaginário agarrados aos acasos da vida e sinto o calor das minhas emoções inquietas. Tal como dizia Fernando Pessoa “Oiço cair o tempo, gota a gota, e nenhuma gota que cai se ouve cair”.
Por favor, deixem-me escrever poesia!

-

O Poeta

O poeta
abre a casa da pedra irreal
para esboçar a areia sem cor

cria o espelho com o linho das palavras
porque só ele conhece a dança da primavera
nos lábios frágeis de uma flauta

com a nitidez das notas
ergue as pálpebras
o poeta
contra a arrogância do vento

não esconde o mito original
de juntar o aroma dos pomares
ao sal de uma lágrima
liberta pelo esplendor da criação.
-

Rui Caetano

32 comentários:

Oliver Pickwick disse...

O edil se revela. Muito bem, prezado Rui, mostra a sua versatilidade. Espero que não seja apenas nos dias mundiais da poesia.
Abraços!

Cris Moreno disse...

Somos dois condenados! Está dito!
Bela poesia. Parabéns!

Beijos.
Bom final de semana.

Kalinka disse...

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\\___♥
_♥____\\__/♥\\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥

PÁSCOA FELIZ.

OLÁ RUI
Parabéns pelo lindo poema e pela homenagem a este dia especial.

ANIVERSÁRIO do meu «kalinka».
Faz 3 anos.
A Festa continua, acabámos de cantar os Parabéns, mas...a mesa está posta, estou aqui para receber os convidados.

Convido-te para a Festa e aproveito para dizer:
OBRIGADO pela amizade, pelo carinho, pela ternura.
OBRIGADO!

Beijinhos de estima.

TINTA PERMANENTE disse...

ousando o mundo pula e avança! E quanto ao resto claro que o fez bem, muito bem. E a simbiose com a imagem acrescenta-lhe perfeição!...
Boa Páscoa!

abraço!

blueminerva disse...

Belíssimo.
Feliz Páscoa
Um abraço

Bombocaa disse...

" ao sal de uma lágrima"...
revejo aí Pessoa e Nemésio...

sal...lágrima...só faltou mesmo o mar de Portugal..

E viva a poesia...

(passarei por aqui mais vezes)

Kissinho

lalisca.cs-life disse...

Penso que o poeta é um homem intemporal...
Boa Pascoa para ti tambem e muito obrigado pelo visitinha lá no meu blog!!

Pedro Ojeda Escudero. disse...

Feliz y poético día.

lua prateada disse...

Pois é amigo, sem os passos do imaginário é dificil ser-se poeta.Tu o és e ...está lindo.
Vim deixar-te um pequeno raio de minha lua para assim iluminar teu dia de Páscoa mais um pouco e, desejando que ele como todos os outros sejam eles, cheios de paz carinho e muito amor.
Beijinho prateado com muito carinho
SOL

Sophiamar disse...

A ti, poeta, presto a minha homenagem. Soubesse eu fazê-la, como tu, e teria a ousadia de a publicar.

Gostei! É uma paixão de menina, este mundo onírico que me foi dado a conhecer pelo meu pai.

Páscoa Feliz!

Beijinhosssss

JayJa disse...

Gracias Portugal!!!! por visitarme, y pensar como yo, muchas gracias,

Jayja

Tiago R. Cardoso disse...

Bem lembrado.

excelente poema, mais um bom momento que construiu.

Uma Santa Pascoa.

BaBy_BoY_sWiM disse...

Feliz dia da Poesia... E já agora Boas Páscoas!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Rui, belo poema... Os Meus sinceros parabéns!
Votos de uma Santa Páscoa... Beijinhos de carinho e ternura...
Fernandinha

Adriana disse...

Poetico e lindo!!Boa pascoa!coloquei voce no meu cantinho de amigos ,gosto de ler o que escreve.

Kênia Garcia disse...

O grande privilégio de quem escreve é poder usufruir da liberdade da alma. Liberdade esta que, em outro ocasião, de repente não se atinge, senão ao escrever...

Beijos!

luisagouveia disse...

E viva a poesia! É um devaneio que permite expressar os mais nossos profundos desejos e sonhos no mundo acordado e real!

Uma Boa Páscoa para si também! Com tudo de bom!

Esther disse...

Qué lástima que no pueda entenderlo todo bien pero, lo que entendí me pareció super bello. No sabía que el 21 fuera el dia da poesia.

He visto a Vânia Fernadez y ¡Me encanta! Es my favorita ¡Ojalá gane Eurovisión! ¡Arriba Portugal! Canción super :)

Un saludito.

Cackau Loureiro disse...

Que maravilha de poesia, fez valer o nosso dia!!

Salve...

=)

Menina do Rio disse...

Junte o sal ao aroma dos pomares...

Uma feliz Páscoa!

Berta Helena disse...

Rui,

Deixe sempre que se solte de si essa poseia que nos enriquece a todos.
Gosto muito de quando aqui traz a sua poesia. E não se preocupe com esses poetas (ou prosadores). Receiam as sombras, deixá-los. Não podem é pensar sequer em dominar um mundo que também é nosso.

Uma boa festa de início de Primavera.

Abraço.

Natalie Afonseca disse...

Fantástico Poema!! E viva a poesia para aqueles que a sentem! :)

Eli disse...

Con lo poco que entiendo el portugues, ya se que quiero volver a visitarte y seguir leyendo lo que escribes.
Gracias por tu visita.

Bichinho disse...

Boa Pascoa.Beijo fantasma.

© Piedade Araújo Sol disse...

Rui

Acho que nao tens que pedir a ninguem para escreveres poesia.

E a prova disso está aqui expressa neste belissimo poema.

Agora lê assim:

O Poeta

liberta pelo esplendor da criação
ao sal de uma lágrima
de juntar os aromas dos poamres
nao esconde o mito original

contra a arrogância do veto
o poeta
ergue as pálpebras
com a nitidez das notas

nos lábios frágeis de uma flauta
porque só ele conhece a dança das primaveras
cria o espelho com o linho das palavras

para esboçar a areia sem cor
abre a casa da pedra irreal
o poeta

(é o teu poema lido de baixo para cima)

Beij

Sérgio Figueiredo disse...

Rui,

Agradeço a visita ao meu blog.
O Poema que acabei de ler não é bonito dizer só "é Lindo", não. Ele mereçe palavras sábias de quem vive a poesia. Eu gosto de poesia, mas a que escrevo, apesar do sentimento que me carrega a inspiração, não faz de mim um poeta. Adorei ler esta tua poesia e li com a maior das atenções para a perceber correctamente e "roubar-lhe" ensinamentos.

Obrigado
Abraço Amigo

alice disse...

vinha com a curiosidade de ler o poema que deicaria a este dia e fiquei muito contente por ter o prazer de ler um da sua autoria. votos de boa páscoa, um beijo.

Uma vencedora... disse...

Oie Rui,

Parabéns pelo dia de hoje!!! Ou melhor, pra você o de ontem, porque ai em Portugal já é sábado...

Obrigada pelo carinho.

BJs

Janaína

Carminda Pinho disse...

Rui,
quisera eu poemar assim lindo, como tu. Mas não tenho veia de poeta.:(
Gosto mesmo é de ler a boa poesia, e esta é muito bonita.

Beijos

Ah! e uma Páscoa muito Feliz.

pin gente disse...

rui,

foi aqui libertado o esplendor da criação...
muito bonito!

abraço
luísa

jawaa disse...

Escreve, Rui, deixa passar essa música!
É lindo este teu poema, um dia destes vou pegar nele devagarinho e colocá-lo a iniciar um post.
Quando chegar das férias...
Um abraço de neve (hoje de Montréal)

Alexandre Hallais disse...

Boa noite Rui!

Belíssimo texto!
Sinto um conforto com suas palavras, talvez por sentir um frescor, uma sensação absoluta de liberdade.
Vejo luz nos cantos do teu blog, nos encantos que me apresenta. Um banquete bem servido, uma iguaria maravilhosa...
Seja você poeta, o ser capaz de nutror nossas almas e preencher nossas faltas. Seja você poeta, capaz de entender e explicar nossas dores, nossos amores...

Parabéns querido Rui Caetano!

Um abraço,

Alexandre Hallais