segunda-feira, 10 de março de 2008

Sentimento de insegurança

O sentimento de insegurança continua na nossa Ilha. Os casos de pequena e cada vez maior criminalidade não diminuem, aumentam de dia para dia. A nossa Ilha já foi conhecida como "o cantinho do céu", mas esses tempos já passaram.
Só hoje, li na Comunicação Social:

-
"Violência na "Noite da Mulher"
Zaragata à porta de um bar dá perseguição, acaba em batalha campal, detenção de um indivíduo e apreensão do seu automóvel.
-
"Assalto à mão armada termina em furto de carro. Condutor foi ameaçado com uma arma branca e fugiu: o assaltante levou o carro".
-
"Assaltantes dedicaram Dia da Mulher ao furto de mais de 30 tapassóis. E como a jornada foi dedicada aos tapassóis, uma outra residência, situada nas imediações, foi igualmente alvo dos pretensos ladrões".

13 comentários:

Benó disse...

O sentimento de insegurança até já está instalado na provincia. Já lá vai o tempo em que podíamos deixar a chave na porta quando íamos à mercearia. Agora, nem para ir à vizinha do lado. O desemprego obriga a muita coisa e a falta de civismo cada vez é maior. A familia, como união, está a desaparecer e, assim, é o salve-se quem puder.
Felicidades para si e para a sua ilha das flores.
Obrigada pela sua visita.
Volte sempre-

♥M@cellY♥ disse...

Infelismente esse sentimento de insegurança tem abraçado todos nós...
Enquanto tiver gente como vc que ainda fique indignado... ainda haverá esperança!!!

paz meu querido, boa semana

bjinhuus

JoaoR disse...

Por muita pena minha, esse sentimento está espalhado pelo Mundo agora cada vez mais.

É triste ver onde isto vai parar.


Abraço

hora tardia disse...

:(


aí como cá....


raio de mundo este em que estamos a viver...


_____________________________.


beijo__________________te.



(piano)

Maria Laura disse...

Aí como no continente, a insegurança cresce dia a dia. Infelizmente.

medusasss disse...

Nós por cá também nos sentimos cada vez mais inseguros ao cair da noite. A questão que se coloca é: qual a origem do aumento da criminalidade? Estarão as entidades policiais competentes atentas a este novo fenómeno social?
No Porto já rolaram algumas cabeças em casos suspeitos de corrupção... que permitiam a actuação impune de gangs ligados ao futebol...
Será que Portugal acompanha o grau de civilização dos países considerados mais desenvolvidos, aumentando concomitantemente a criminalidade?
A Madeira era um paraíso... o nosso pequeno país, por ser tão pequeno e afastado, também era um reduto de alguma paz e qualidade de vida... mas os tempos mudam!
É ver se acompanhamos a dança nestes tempos de mudança!
***

JOSÉ NEVES disse...

Pelos vistos "O cantinho do céu" deixou de o ser, infelizmente todas essas situaçõe se vão passando aqui e ali, mais uma vez a triste realidade acontece Portugal.

Abraço.

Paula Calixto disse...

Por isso, Michel Foucault é tão atual e tem um quê de previsão! Toda essa onda de violência é muito bem exposta em suas causas e soluções por essa cara que foi um gênio, na minha humilde opinião.

Querido, não é só aí, não! Aqui, em Alagoas (um estado pequeno) eu me assusto todos os dias que saio nas tuas e/ou vejo os telejornais locais.

Mas, se é verdade que a ordem vem do caos... Que venha logo!

Bom ver gente que se preocupa com a melhoria do seu habitat! (((:

Beijos.

Georgia disse...

A inseguranca está em todo o lugar. O que é um a lástima.

Mas olha, por aqui a Ilha da Madeira continua linda e maravilhosa.

Boa semana

paula barros disse...

Aqui a violência está demais. Principalmente aqui em REcife - Pernambuco.
É uma pena que esteja ficando sem controle em vários lugares.
Obrigada pela visita.

pecado original disse...

Ainda não entendo porque é que os humanos passam o tempo a fazerem mal uns aos outros!!!

BaBy_BoY_sWiM disse...

Uma realidade da evolução e do desenvolvimento! A droga e outras razões fazem com que apareça esses casos, é muito triste!

p y b disse...

Obrigada pela sua visita ao meu blog!
Estive na bonita ilha da Madeira em 1981 com os meus pais e um grupo de amigos, era uma miúda. Fomos no ano a seguir ao grande sismo que afectou a Terceira e as restantes ilhas do grupo central dos Açores. Da Madeira gostámos de tudo principalmente do clima ameno e convidativo. Uma verdadeira pérola do Atlântico.
Infelizmente a insegurança já chegou às ilhas onde até há bem pouco tempo ainda se podia passear à noite pacatamente sem grandes sobressaltos. Serão consequências do progresso desenfreado?
Parabéns pelo blogue! Um abraço
Elisabete