quinta-feira, 13 de setembro de 2007

O abuso dos pendões





















Estes pendões ainda estão dependurados em muitos postes espalhados por vários Concelhos. Parece que se trata de um esquecimento, fazem com que esta permanência de pendões, abusiva, lesiva ao ambiente, seja fruto de um lapso de quem retira estas coisas. E são capazes de desvalorizar quem questiona, no entanto, a verdade é que retiram os de todos os outros partidos menos os do PSD.
Não, meus caros, os pendões estão ali afixados porque fazem parte de uma estratégia política. Não foram recolhidos nem serão, apenas devem ser substituídos pelos outros pendões do próximo ano. Os senhores do PSD-M não querem que o povo se esqueça das cores do partido nem retirem da vista, por um instante que seja, a setinha que indica o caminho do céu.
Mas aguardem porque, no próximo ano, hei-de propor à direcção do PS que anuncie através de pendões a nossa Festa da Liberdade com o símbolo Socialista bem visível. Veremos depois o que farão aos nossos, se vão ficar o ano inteiro dependurados como os do PSD. Apesar do PSD-M levar estas estratégias a sério, o que vou propor a sério e é quase certo que o faremos mesmo, será, todavia, uma imitação política engraçada, pois, digo, e bem, que é engraçado porque só podemos lidar com estas coisas menores com um largo sorriso nos lábios.

11 comentários:

Entre linhas... disse...

Rui podes voltar sempre que queiras ao meu cantinho,terei imenso prazer,obg pelos elogios ao meu blog,graças a quem passa por lá que tento dar o meu melhor.
Bjs Zita

BaBy_BoY_sWiM disse...

Pode responder ao meu desafio?

Anónimo disse...

Concordo Rui. Copiar não só é engraçado como profundamente original. É assim que se vai longe

MajoLuan disse...

É uma vergonha deviam ser obrigados a limpar... Kerem é festa de resto os outros ke se lixem...

Rui Caetano disse...

Não caro anónimo, imitar não é original, é apenas engraçado e quando digo isto é exactamente para confrontar os senhores do PSD e também mostrar que não estamos todos distraídos e que percebemos muito bem as suas intenções nestas pequenas coisas. E nesta matéria até nem vai haver imitação, porque logo que termine o perído de anúncio da festa, os PSDs irão correr a subir os mastros para limpar tudo o que houver do PS.

Woodworm disse...

Quando for eu a mandar... muita coisa vai mudar...

Anónimo disse...

Tem razão Rui é preciso lutar contra eles usem as suas armas ke têm dado resultados.é uma vergonha o ke o psd faz por ai fora. força.

Anónimo disse...

Esta coisa dos pendões n é brincadeira sei o ke tou a dizer. decide-se os ke saiem e os que n saiem. Os do PSD conhecem o seu povo sabem alimenta-los, os partidos da oposição vão atras de histórias e falam de projectos, politicas, de grandes medidas economicas mas ke o povo n ker saber. Devem começar plas pekenas coisas e n se faz oposiçao á mesa com caviar e vinho do melhor, não se faz oposiçao deitado na proa de um barco a oposiçao faz-se tocando no povo bebendo vinho seco e espetada com o povo, falar a linguagem kele percebe e meter nas suas cabecinhas o simbolo do partido. Aprendam com o PSD, eles sabem como se faz pa vencer.

GAST disse...

O PS tem q divulgar mais o seu símbolo. Parece q têm vergonha da mão fechada. Se não fizerem uma campanha com o símbolo q surge no boletim de voto, nunca vão lá chegar... Não esqueçam q há muita gente na Madeira q não sabe ler nem escrever e essas pessoas são as mais participativas nos actos eleitorais.
Ponham a mão fechada em todo o lado em vez da cara do líder ou da cara de ilustres q ninguém conhece.

besoirar disse...

Aqueles pendões fazem efectivamente já parte da paisagem natural da madeira. É como se em nossas casas nunca retirássemos a árvore de Natal, depois de passar aquela época festiva.
Mais grave ainda é a continuada propaganda política, realizada por pessoas que exercem cargos públicos, em actos de governação, e o uso de meios do Governo e autarquias.

amsf disse...

Já tinha pensado nesta questão dos pendões do Chão da Lagoa e parece-me que o mais acertado seria:

Em 2008, a oposição ou o PS, logo após a referida festa partidária, exigir em todas as autarquias a aplicação da lei. Exegir que as Câmaras notifiquem o PSD a retirar os pendões nos 15 dias seguintes com a informação de que se tal não for feito as Câmaras fálo-ão e enviarão a factura ao PSD. Independentemente de as câmaras concordarem ou não divulgar na comunicação social este atropelo à lei.

-Colocar os seus próprios pendões e reagir em cada autarquia de acordo com as reações das Câmaras ou do PSD.

-Retirar os pendões nas zonas onde enventualmente o PSD tenha cumprido e não fazê-lo onde não o tenha feito.

-Onde as câmaras retirem ou notifiquem o PS a retirar sem que o tenham feito ao PSD fazer uma "peixeira" na comunicação social e negar-se a retirar coreendo o risco de ter que pagar por esse serviço quando a câmara o fizer.
O importante é mostrar que há dois pesos e duas medidas nas autarquias onde isso venha a suceder no ano de 2008.