sábado, 22 de setembro de 2007

Poesias que nos ensinam


O Dia

Passa o dia contigo
Não deixes que te desviem
Um poema emerge tão jovem tão amigo
Que nem sabes desde quando em ti vivia.


Sophia de Mello Breyner Andresen

14 comentários:

aryana disse...

Quem não gosta e lê a nossa querida Sophia!!!!!
Um "dia" de domingo muito bem passado.

GarçaReal disse...

Vezes há em que não sabemos mesmo que um poema em nós vive.

bjgrande

Miguel Ângelo disse...

Considero a Sophia de Mello Breyner a melhor poetisa e escritora portuguesa de todos os tempos. Por vezes, leio e releio os suas obras para a pequenada, como por exemplo: "A menina do mar", "O rapaz de bronze", entre outros para não ser fastidioso...Enfim, é o prazer de ler, independentemente do tipo de texto que tenha à frente...

Sol da meia noite disse...

Tanto em nós que desconhecemos...

Beijinho!

Thiago Forrest Gump disse...

Simples e belo!

PostScriptum disse...

Grato pela simpática visita. Fiquei certamente a ganhar, pq me foi dado descobrir um lugar interessante.
Sobre a S.: uma poesia fabulosa, única, transcendente.
Abraço

DAISY disse...

Sem dúvida que é uma grande SENHORA. Nós,de facto dveríamos ter mais tempo para nós próprios, para podermos explorar as inúmeras capacidades que ainda desconhecemos....

Silvia Madureira disse...

Ás vezes esquecemos de nós e podemos fazer tanto por nós ...que nem imaginámos!

Beijo

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sophia de Melo Breyner é única e inesquecível. Adorei este poema. A Madeira é linda e desenvolve o nosso espírito criador.Tenho que lá voltar.

Jasmim disse...

Olá
Obrigada pela visita ao meu blog
voltarei breve, breve, talvez amanhã...
gosto muito de Sophia...
boa noite

multiolhares disse...

Sofia, uma senhora
Poesia sentida, bela escolha
Bj
luna

isabel disse...

Uma boa maneira de passar o dia. Com as as palavras.

Obrigada pela visita!

Tiago R Cardoso disse...

Excelente escolha.

Su disse...

bela escolha

jocas maradas