quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Parque Urbano de São Vicente


Na Vila de São Vicente foi inaugurado, em Setembro de 2004, pelo Governo Regional, um empreendimento, da responsabilidade da Sociedade de Desenvolvimento do Norte da Madeira, chamado Parque Urbano.
Gastaram milhares de euros para edificarem um conjunto de contentores de cimento para lojas comerciais, mas, porque não fizeram qualquer estudo de necessidades, nem se preocuparam em planear o investimento de modo que tivesse viabilidade económica, o projecto resultou num fracasso.
Passados apenas dois anos da sua conclusão, houve a necessidade de remodelar todo o projecto tornando-o num espaço mais homogéneo e funcional. Levaram dois anos a perceber que o brutal investimento na infra-estrutura pública tinha falhado na captação de investimento privado.
Estamos na presença de outro exemplo de vergonhosos desperdícios dos dinheiros públicos. E foram os próprios autarcas do PSD-M que afirmaram que o projecto não tinha sido feliz e, por isso, as mudanças seriam necessárias.
Isto é, mais gastos do erário público para recuperar mais uma obra mal concebida pelos senhores do poder laranja.

7 comentários:

Woodworm disse...

Pérolas a porcos…

A sociedade, não está preparada para a mudança…
Não descansaram enquanto não tinham condições, logísticas e de acesso… agora que as têm e não sabem rentabiliza-las a culpa é do GR…?

Rui Caetano disse...

É lógico que sim, são eles os culpados. É que não basta lançar contentores de cimento num local e esperar que a dinamização aconteça por si só. Primeiro, era necessário fazer um estudo de viabilidade, perceber as mais-valias locais, conhecer as realidades e só depois é que deveriam construir o projecto, mas adaptado à realidade existente. Por isso, é que considero o GR o principal responsável e a Sociedade de Desenvolvimento.

Woodworm disse...

“…era necessário fazer um estudo de viabilidade, perceber as mais-valias locais, conhecer as realidades…”
Concordo plenamente… e atribuo a responsabilidade ao GR por aprovar este e outros projectos na Madeira sem viabilidade socio-económica… mas para mim essa responsabilidade acaba aquando da construção… ai começa a responsabilidade do poder local.

Aliais… o problema não é na Madeira é em Portugal…. Onde está por ex. o estudo técnico de viabilidade económica: Da OTA? (o Mário Soares deve ter!)

Sol da meia noite disse...

E assim se esbanja o dinheiro que tanta falta fazia noutros investimentos...

Desejo um bom fim-de-semana.
Deixo um beijinho!

Anónimo disse...

P/ woodorm 21 Set 13.43

Concordo inteiramente. Onde está o estudo de viabilidade dos Estádios do Euro ? Mas em justiça deve dizer-se que a coisa não depende da côr partidário. É genético, autárquico e português.

DAISY disse...

Já está nos genes do Português ser um esbanjador nato, sem conta nem medida. Acredito que apenas sejam feitos estudos de desviabilidade, nem que seja para os bolsos deles...

MajoLuan disse...

Humm São Vicente ke eu adoro... ;) *****