terça-feira, 18 de novembro de 2008

Os professores e o diálogo

O presidente da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, o socialista António José Seguro, defendeu hoje que "o diálogo” é o “melhor instrumento” para encontrar “uma solução positiva” que resolva o “impasse” a que se chegou nas escolas.
“Consideramos que é essencial ouvir os professores e criar condições para que o diálogo possa ser o melhor instrumento para se chegar a uma solução positiva que reponha a situação de instabilidade nas escolas”, disse o deputado, no final de uma reunião com a Plataforma Sindical de Professores, que reúne os onze sindicatos do sector.
Lusa
-
Só quem não tem cultura democrática e não percebe nada de política nem de relações humanas é que não consegue entender estas palavras de António José Seguro. Até quando?

3 comentários:

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

Câmaras da Madeira estão a prejudicar o futuro das proximas gerações ao contrair empréstimos à banca e ignorar completamente o programa do governo da república "pagar a tempo e horas". Tive de remover o estudo financeiro da CMSV da Internet, leiam tudo aqui: http://www.miradouro.pt/docs/Estudo_Financeiro_CMSV_2008-2009-COMPLETO.pdf

amsf disse...

Como a caricatura bem ilustra, será que os sindicatos querem dialogar!? É que não vejo propostas concretas razoáveis, vejo apenas balões vazios!

Verdinha disse...

Será um diálogo de surdos ?

Espero que um dia se "entendam" !

Beijinhos verdinhos