quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Um novo estádio de futebol? Para quantos jogos?

A Madeira atravessa uma grave crise, há famílias madeirenses que se limitam a sobreviver, tantas e tantas entregam as suas habitações, os seus carros e outros bens, porque não têm dinheiro para pagar as suas dívidas. Há quem já desligue o frigorífico por não ter nada para colocar lá dentro. O desemprego aumenta, a pobreza, embora envergonhada, já é visível, as falências de pequenos e grandes negócios não param de suceder.
E o Governo Regional o que faz? Em vez de implementar políticas com o objectivo de tentar resolver estes problemas, continua a esbanjar, a desperdiçar os dinheiros públicos, investindo em obras de prioridade demasiado duvidosa.
O novo estádio do Marítimo. Com toda a crise que a Madeira atravessa, o Governo Regional do PSD vai gastar 46,5 milhões de euros com um Estádio de futebol para que uma equipa de futebol jogue uma vez de 15 em 15 dias e treine algumas vezes, porque já possui o seu complexo em Santo António onde treinará com regularidade. Será que compensa? Será assim tão prioritário esbanjar todas estas verbas do erário público para uma equipa de futebol jogar tão pouco? Dois jogos por mês? É muito pouco para um investimento desta envergadura.
Não somos uma Região rica.

2 comentários:

3RRR disse...

Caro Rui,

Há quem não pense assim...

Ailime disse...

Infelizmente o futebol continua a ser um dos instrumentos utilizados para tapar a vista do povo e ao mesmo tempo para encher as já gordas contas bancárias de alguns.