sexta-feira, 7 de maio de 2010

Já há desemprego acima de 20% em Portugal

Portugal vive dias sem precedentes, pelos piores motivos. Há três décadas que o Instituto Nacional de Estatística calcula a taxa oficial de desemprego, que nunca esteve tão alta: 10,1%. Mas a média nacional esconde discrepâncias a nível regional, que as estatísticas oficiais não mostram
O SOL calculou as taxas de desemprego concelhias, com base em projecções da população activa local e nos desempregados inscritos nos centros de emprego. Há 35 concelhos com mais de 15% de desemprego.
Nunca como hoje o desemprego esteve tão alto em Portugal. A taxa oficial, calculada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), atingiu 10,1% no último trimestre de 2009, o valor mais alto de que há registo nas séries do organismo.
Mas o impacto em cada região não está a ser uniforme. Segundo cálculos do SOL, há 35 concelhos em que a taxa de desemprego é superior a 15%. E há quatro casos no Norte – Mesão Frio, Baião, Espinho e Castelo de Paiva – em que o número de desempregados é superior a 20% da população activa.
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=171716
TABELAS POR CONCELHO:
-
Se estes números do desemprego apresentados e analisados pelo SOL são verdadeiros, então, a situação do país é muito grave. Atravessamos uma crise sem precedentes. Há que tomar medidas urgentes. Precisamos de um pacto de regime social para tentarmos ultrapassar estes problemas. Sem emprego não há poder de compra e sem poder de compra o tecido económico morre aos poucos até desaparecer!!
NA MADEIRA, OS NÚMEROS TAMBÉM JÁ ATINGEM VALORES GRAVÍSSIMOS. JÁ TEMOS NA REGIÃO CERCA DE 20 MIL DESEMPREGADOS NUMA POPULAÇÃO ACTIVA NA ORDEM DOS 130 MIL.

1 comentário:

Brancamar disse...

Uma situação lamentável sem dúvida e não se vislumbram medidas para a conter.
Obrigada por nos manter sempre actualizados.
Beijos
Branca